• Livro “Falando Bonito”

    “Fulano, preciso comprar um óculos escuro novo por causa que eu perdi o meu antes de ontem. Vou para o Nordeste nos próximos dias e de acordo com a metereologia fará sol todos os dias. Para isso, vou precisar proteger meus olhos. Tu quer vim comigo? A gente pode fazer um lanche em algum lugar depois. Vamos?”
    Notou alguma coisa estranha no parágrafo acima? Se nada lhe incomodou, está na hora de rever os seus conceitos linguísticos.
    Infelizmente, é bastante comum que até mesmo pessoas instruídas carreguem vícios de linguagem que podem devastar a imagem pessoal em uma conversa despretensiosa. Já pensou cometer uma gafe dessas ao trocar meia dúzia de palavras com um potencial parceiro de negócios ou em uma entrevista de empresa? Nada legal!
    Em situações assim, não seria surpresa alguma que suas chances estejam comprometidas. Mesmo que você tenha cursado boas faculdades, inclusive com mestrado e doutorado, a má (ou péssima) impressão já teria sido passada. Afinal de contas, uma palavra errada, uma dicção viciosa, uma concordância malfeita por parte do interlocutor são atitudes que causam má impressão.
    Falar ou escrever com erros é uma das maiores demonstrações de que o indivíduo em questão não recebeu boa educação. No pocket book ‘Falando Bonito’, do escritor DeRose, são comentados vários erros comuns da nossa língua. Erros que sinalizam baixa cultura, mesmo se quem os aplicar seja portador de diploma universitário, como vem ocorrendo com cada vez mais frequência.
    Para eliminar as chances de cometer pequenas gafes que podem ter efeitos comprometedores sobre a sua imagem, reserve alguns minutos do seu dia para ler ou reler o ‘Falando Bonito’. A leitura é bastante divertida, esclarecedora e definitivamente contribui para que, com simples reeducação linguística, nos tornemos pessoas mais polidas em nossa comunicação diária, transmitindo a imagem correta sem chances de comprometê-la.

    34038656423_3dcf3fd8bb_k

    Texto escrito pelo Instrutor Fábbio Canto

  • Receita de Quentão sem Álcool

    Receita do Empreendedor Valter Figueiredo, da nossa escola:

    Ingredientes:

    • 1,5 litro de suco de uva (marca ao seu gosto, sugiro sem adição de açúcar);
    • 0,5 litro de água;
    • 1 copo (de requeijão) com açúcar refinado;
    • 1 copo (de requeijão) com gengibre ralado;
    • 6 paus de canela;
    • Cardamomo (ao seu gosto, coloquei bastante, aproximadamente uns 20 casulinhos esmagados);
    • 2 maçãs (descascadas e cortadas em pedaços médios);
    • 10 cravinhos.

     

    Modo de preparo:

    Fazer o caramelo com o açúcar e canela em pau, assim que o caramelo estiver no ponto, adicione o gengibre ralado e mexa. Antes de endurecer acrescente a água fervente e em seguida, o suco de uva e os demais ingredientes (cardamomo, maçãs, cravinhos).

    Deixar ferver por uns cinco minutos, coar e servir com carinho e um sorriso.

    Captura_de_Tela_2017-05-17_às_15.25.41

  • Dia da Ecologia e Semana Mundial do Meio Ambiente

    Comemoramos no início de junho o dia da Ecologia e a Semana Mundial do Meio Ambiente.

    Como o DeROSE Method tem como algumas de suas finalidades as boas relações e expansão da consciência, a integração com o meio ambiente e o adotar de atitudes mais sustentáveis são inerentes à Nossa Cultura.

    Sim, o desenvolvimento sustentável (humano, institucional é do próprio planeta) é um caminho trilhado diariamente, com respeito mútuo e consciência de que todas as empresas, comunidades, pessoas e demais seres são partes integrantes de um único ecossistema. Consideramos fundamental que cada parte leve em consideração o todo, entendendo que este é sempre afetado por suas ações e escolhas.

    Já sabemos que não faz sentido esgotarmos os recursos do planeta como se não houvesse amanhã. Estamos o tempo todo traçando o nosso futuro próximo e distante, e influenciando o futuro de todos à nossa volta, ou seja, cada um de nós tem sua parcela de responsabilidade sobre o Planeta Terra e o universo que habitamos.

    Aqui citaremos algumas ações para serem aplicadas no dia a dia, possibilitando a renovação e replicação dos recursos naturais:

    • Utilize “o necessário, somente o necessário… o extraordinário é demais”. E isso vale para água, energia, combustível, comida, eletrônicos, papel etc. Evite desperdícios;
    • Otimizar: palavra chave. Economizar água, reaproveitando a água do banho ou da máquina de lavar, por exemplo. Verifique se as torneiras bem fechadas, pois apesar de uma gota parecer pouco;
    • Vá de bike! Ou Economize combustível ao pegar transporte público sempre que possível, ou combinar caronas com os amigos;
    • Evite comprar todos os eletrônicos que são lançados apenas pelo modismo. Descartar eletrônicos em locais apropriados;
    • Recicle o lixo, utilize reutilizáveis, ao invés de descartáveis. O mesmo vale para sacolas de compras;
    • Evite a utilização de materiais de difícil decomposição ou reciclagem, como por exemplo, isopor;
    • Reavalie sua alimentação. Os maiores responsáveis pela poluição e pelo comprometimento do ar que respiramos, pelo aquecimento global e pela destruição da camada de ozônio é o consumo de carne, que sustentam uma indústria pecuária sem precedentes na história da humanidade.

    Acrescente mais itens a esta lista. Juntos podemos reverter o estrago e construir um mundo melhor.

    33589170473_1d4553a66f_k